Meus Sermões

O PRUMO DE DEUS
Amós 7:7, 8

 

“O Senhor me mostrou numa visão isto também: ele estava perto de um muro construído direito, a prumo, e tinha um prumo na mão. Ele me perguntou: - Amós, o que é que você está vendo? - Um prumo! - respondi. Então ele me disse: - Eu vou mostrar que o meu povo não anda direito: é como um muro torto, construído fora de prumo. E nunca mais vou perdoar o meu povo”.

Introdução
A ministração da Palavra hoje, se baseia no texto do livro de Amós, capítulo 7... você tem 30 segundos para localizar o livro de Amós! Hehehe... “se vira nos trinta”, irmão!!!

No domingo nosso pastor solicitou que déssemos “Parabéns” uns aos outros, pois, como membros da Igreja Central, comemoramos 34 anos de existência na cidade.

Por causa disso, sei que esse é um tempo de festa. Eu mesmo levei isso em consideração ao preparar o anúncio de rua, mas hoje, conforme Deus me disse à tarde, devemos fazer uma leitura espiritual desse tempo:

São Fidélis é uma cidade em torno de 40 mil habitantes (40 mil pessoas a quem Deus ama) e levou 34 anos para nos tornarmos uma igreja, uma congregação, de 200 pessoas que somos hoje (arredondado os números).

Serão então, necessários mais 34 anos, para que cheguemos a ser uma igreja de 400 pessoas, de 400 adoradores de Deus? ...essa é uma alegria que eu vou ter somente na altura dos meus 73 anos de idade?

Por isso me pergunto, qual a mais urgente necessidade dessa hora? Por certo, uma igreja viva, comprometida com Deus, despertada, acesa, apaixonada pelas almas, que estenda o braço para esta cidade e diga com autoridade e unção do Espírito Santo: “São Fidélis é tempo de voltar para Deus; porque “Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Tornai para mim ...e eu tornarei para vós” (Zc 1.3).

Sobre esta necessidade, necessidade de vida na igreja, de poder de Deus na igreja... muito se tem falado, escrito, até pregado... por isso, o que me interessa hoje é abordar logo a seguinte questão:

QUANDO COMEÇARÁ ESSE DESPERTAMENTO DA IGREJA? QUANDO ELA ESTARÁ NO PONTO DE FAZER HISTÓRIA E REUNIR MULTIDÕES DE ADORADORES PARA DEUS?

Deus dá a resposta neste texto: Será quando o Seu povo se arrepender e acertar sua vida com Deus e com o próximo. O despertamento acontece quando Deus põe o prumo no meio de Seu povo e lhe revela tudo aquilo que precisa ser corrigido, endireitado ou retificado.

O texto nos fala de Amós, de como Deus lhe falou numa visão (esse um dos modos pelos quais Deus fala): Amós viu o Senhor; “Ele estava perto de um muro construído direito... e tinha um prumo na mão”. E o Senhor perguntou a Amós: “Amós, o que é que você está vendo?” E Amós respondeu: “Um prumo!” Então, Deus disse: “Eis que eu porei o prumo no meio do meu povo Israel... Eu vou mostrar que o meu povo não anda direito: é como um muro torto, construído fora de prumo...”.

Você sabe o que é um prumo e para que serve?
É uma linha com um peso na extremidade (ferramenta indispensável ao pedreiro).

Serve para verificar a verticalidade de uma parede (eu já morei numa casa em que, olhando para a parede do corredor, via-se uma “barriga”, uma tortuosidade (o prumo é usado exatamente para evitar que isso aconteça, e se acontecer, ser corrigida a tortuosidade).
Mas poucos os pedreiros que sabem usar o prumo, principalmente no piso. Já observou que horrível são alguns banheiros? A água não corre para o ralo, fica empoçada em algum lugar onde você pisa...

Na visão que teve, Amós viu o Senhor com um prumo na mão (o Senhor visto por Amós é Deus – e Deus é reto; Ele é o único absolutamente reto; só Ele pode com Seu prumo justificar-nos, alinhar-nos, endireitar-nos. Amém?)!

Portanto, é o Senhor mesmo que estava sobre o muro na visão de Amós. E aquele prumo em Suas mãos é altamente revelador (aquele prumo revela o nosso desalinhamento, a nossa desigualdade, a nossa tortuosidade).

Amado: Da mesma forma como faz o pedreiro (constrói a parede e para verificar se está certa, alinhada, ele utiliza do prumo – o prumo vai mostrar onde houver tortuosidade), pois, quando Deus coloca o Seu prumo em nossa vida, ou na vida de nossa igreja, Ele também vai revelar esta ou aquela falha, que precisa ser tirada.

Qual é o prumo de Deus? ...a Bíblia. Quando nossa vida é comparada à Palavra, ao padrão divino, nossas falhas vão aparecer.

Agora, muitas vezes nós mesmos nos intitulamos de “prumo” e saímos a medir a parede dos outros e colocar defeitos nelas, nos esquecendo de pôr o prumo de Deus em nós mesmos! Dizemos: “Fulano de tal tá com a vida torta, tortinha, tortinha!”

Agora, acontece ainda que quando Deus mostra falhas ou tortuosidades em nós, tentamos disfarçar com um reboco feito por nós mesmos.

Amado: A função do prumo de Deus não é revelar falhas ou defeitos para arrastar-nos a juízo e desespero. A função do prumo de Deus é revelar falhas ou pecados, para atrair-nos ao arrependimento e para que possamos encontrar perdão e plenitude em Seus braços (Deus não quer que nos escondamos dEle, como Adão e Eva fizeram no paraíso após a desobediência. Deus quer que nos escondamos nEle, arrependidos sinceramente).

Portanto, irmãos, deixemos que o prumo de Deus seja colocado em cada área de nossa vida! Porque você precisa andar no alinhamento de Deus.

...quando estamos no prumo:

pode aparecer o inimigo que for, a situação difícil, o problema mais sério (mas nessa hora o Espírito Santo lhe respalda e diz: “O SENHOR é contigo, varão valoroso”.

Amado: vale a pena passar pelo prumo de Deus!

Pr Walter Pacheco da Silveira - Maio/2003